segunda-feira, julho 09, 2012

MANISFESTO DIVINO: DA CRUZ À GLÓRIA!

            Entristece muito meu espírito ao perceber a atual situação literária do Brasil. Há, sim, concursos que estimulam a produção e a divulgação da Literatura, mas têm atingido a poucos. Ou pior, os inscritos são atraídos não pela arte, mas pela premiação em dinheiro. Ainda, a qualidade questionável da produção divulgada pela mídia; enquanto bons escritores estão ofuscados – seja por timidez, seja por falta de oportunidade – e precisam, apenas, de aperfeiçoamento, ou nem disso. Apenas de prestígio, de reconhecimento, de estímulo. Essa é a situação que percebo no cenário literário brasileiro pós-moderno.

            Apelo, agora, a você: escritor escondido em seu imenso talento e introversão. Publique, concorra, motive-se, brilhante vulto moldando palavras no meio da noite! Exteriorize toda essa arte que culmina em seu ser. Torne o mundo mais belo com a pura serenidade que há na escrita sua, para que a Literatura verdadeira possa reinar no país novamente. Ó, alma lírica sombria! Ressuscite! Rejubile! Resplandeça!!!

Leonardo Rander

Belo Horizonte, 3 de outubro de 2011.

Um comentário:

Raphael Vieira ou um dos seus alteregos disse...

Verdade, Léo. A coisa anda meio complicada...